sábado, 20 de janeiro de 2018

Ex-primeira-dama Julianne Faria participa de evento em apoio a Lula no RN. Julianne discursou em apoio ao ex-presidente Lula

APOIO A LULA
 

A ex-primeira-dama, Julianne Faria, atualmente sem partido, participou na noite dessa quinta-feira, 18, de um evento na sede do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, 

Higienização e Limpeza do Rio Grande do Norte (Sindlimp-RN), que tem por presidente o vereador Fernando Lucena (PT).

Em seu discurso, Julianne reforçou que “estou aqui para me somar a vocês levantar a bandeira do presidente Lula”.

A ex-secretária de Assistência Social ressaltou que não apoiou o impeachment e reconheceu a importância de Lula para a campanha do governador Robinson Faria.

VEJA O VÍDEO:
 

(Por Júlio Rocha/Portal no Ar)

Água da chuva derruba fachada de casa na cidade de Assu, RN. Outra residência também sofreu danos, contudo ninguém saiu ferido em nenhum dos dois casos.

CHUVAS
 Moradores não se feriram durante o incidente (Foto: Jacira Maia)
 Moradores não se feriram durante o incidente (Foto: Jacira Maia) 

A força da água da chuva que escorreu pelas ruas do bairro Dom Eliseu, em Assu, Oeste potiguar, derrubou a parede da frente de uma casa nesta sexta-feira (19). Outra residência também sofreu danos, contudo ninguém saiu ferido em nenhum dos dois casos. 

Os imóveis são vizinhos, na Rua Alice Vanderley. De acordo com a moradora de uma das casas, quando a chuva começou a cair, uma correnteza se formou na rua. Ela diz que a água descia tão forte, que saiu levando a calçada das duas casas. Foi nesse momento que a parte da frente desabou.

Os moradores das duas residências desocuparam os locais e estão em casas de parentes. Segundo eles, após o incidente, assistentes sociais da prefeitura foram até lá, e estão oferecendo apoio às famílias. De acordo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), choveu 84 milímetros em Assu entre a sexta (19) e este sábado (20). 

(Por Jeniffer Rocha, Inter TV Costa Branca) 

Após reestruturação, Câmara Municipal de Natal nomeia comissionados com salários mais altos. Mais de 340 servidores foram nomeados nesta sexta-feira (19), no Diário Oficial do Município. Vencimentos vão de R$ 1,5 mil a R$ 8 mil.

COMISSIONADOS
 Câmara Municipal de Natal (Foto: Elpídio Júnior/Divulgação/CMN)
  Câmara Municipal de Natal (Foto: Elpídio Júnior/Divulgação/CMN) 

A Câmara Municipal do Natal publicou leis que reestruturam a Casa e, após exonerar todos os cargos comissionados, começou a renomeação de servidores nesta sexta-feira (19). Já foram ocupadas 341 das 450 vagas disponíveis. Entre as mudanças, porém, houve aumento nos salários. Os mais altos passaram de R$ 6 mil para R$ 8 mil. 

Questionada pelo G1, a Câmara afirmou que não houve acréscimo de número de cargos. Somados, eles representam uma folha mensal de R$ 1.568.000, mas ainda não foi divulgado o impacto na folha, na comparação com os vencimentos anteriores. 

Ainda de acordo com a Câmara, o aumento não trará impacto nos duodécimos repassados pelo Poder Executivo municipal. Após estudos, ficou definido que o recurso extra virá do próprio orçamento legislativo, tirado da previsão para investimentos. 

Agora a estrutura passa a contar com 290 cargos de Assessor Parlamentar (AP), que vão atuar nos gabinetes dos 29 vereadores (são 10 por gabinete) e 160 cargos de Assessor Técnico Legislativo (ATL), que trabalharão nas comissões e na parte administrativa da Casa. De acordo com o Legislativo, a alteração visa aumentar a transparência. Antes não havia distinção de nomeclatura e atribuição entre os 450 cargos de assessor parlamentar. 

Os vencimentos para os assessores que atuam nos gabinetes vão de R$ 1,5 mil a R$ 8 mil. Antes os assessores parlamentares ganhavam entre R$ 750 e R$ 6 mil. Já os assessores técnicos agora terão vencimentos que variam entre R$ 1,5 mil e R$ 6 mil.

Concurso

A Assessoria da Câmara Municipal também confirmou que está prevista ainda para este ano a realização de um concurso público para ocupação de cargos técnicos da Casa. Porém ainda não há definição do número de cargos, níveis e salários oferecidos. 

 (Por G1 RN)

Jovem é morto a tiros em sua própria residência em São Gonçalo do Amarante. Vítima foi identificada como Artur Vinícius, de 23 anos; jovem já vinha sofrendo ameaças de morte, e por essa razão, teria se mudado junto de sua família em busca de segurança

A  SANGUE  FRIO
 
 Jovem foi morto na madrugada deste sábado

Um crime de homicídio foi registrado na madrugada deste sábado, 20, no bairro de Santo Antônio, no município de São Gonçalo do Amarante. A vítima foi identificada como Artur Vinicius, 23 anos, também conhecido como “Bodinho”. Jovem foi executado em sua casa, na Rua Joaquim Rodrigues da Silva. Criminosos arrancaram o portão e invadiram a residência do jovem, executando-o com tiros de grosso calibre.

Segundo informações de amigos e familiares, o jovem já vinha sofrendo ameaças e escapou de alguns outros atentados. Sua família tinha deixado a casa onde moravam anteriormente por medo do que poderia acontecer. De acordo com vizinhos, Artur estava traficando drogas no local onde foi executado, o que provavelmente teria ocasiosado sua morte.

Não há pistas dos autores do crime. A Polícia Civil investigará o caso. Com informações da página “Notícias no Face RN”.

(AgoraRN)

Mesmo sancionada, lei que autoriza saques no Funfirn sofre resistência. Executivo sofreu, nos últimos dois dias, três revezes que partiram do Tribunal de Contas do RN, do Ministério Público do Estado e do MP de Contas; todos visam impedir os saques

EMPECILHOS
 Robinson Faria
 Robinson Faria, governador do RN

A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira, 19, trouxe a sanção da lei estadual aprovada pela Assembleia Legislativa na última quinta, 18, autorizando que o Governo do Rio Grande do Norte realize novos saques no Fundo de Previdência (Funfirn) para pagamentos de benefícios previdenciários aos segurados do Regime Próprio de Previdência Social. No entanto, apesar da sanção, a execução da lei tem sofrido resistência de órgãos como o Tribunal de Contas e o Ministério Público do Estado.

Na quarta-feira, 17, o MP ingressou com ação cautelar na Justiça para tentar impedir os saques. O pedido de impedimento foi feito pelo promotor Afonso de Ligório junto à 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal. Na peça processual, o representante do órgão destacou que o governo estadual, ao encaminhar a mensagem para a AL, não discriminou quais seriam as perdas financeiras e a lesão ao erário com a operação. Até outubro do ano passado, o RN tinha R$ 273,1 milhões aplicados no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal.

Já nesta sexta-feira houve dois desdobramentos do caso. Primeiramente, o Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte emitiu nota técnica direcionada ao Governo do Estado informando que os saques estão proibidos. Nela, a diretoria do TCE informou, também, que a decisão, datada de setembro de 2017, inclui também a devolução de montantes já retirados pelo Estado no ano passado, sob pena de multa diária de R$ 3 mil a ser paga pelo governador Robinson Faria (PSD).

Horas depois da emissão da nota técnica do TCE, foi a vez do Ministério Público de Contas do Estado (MPC) encaminhar representação ao Tribunal para que ele proíba os saques. “O requerimento para o bloqueio de movimentação nas aplicações evita a desconsideração do Acórdão desse Tribunal de Contas, fato que, acaso concretizado, além de ferir a atribuição constitucionalmente conferida às Cortes de Contas estaduais, também consistiria em possível lesão ao erário público do Estado”, explicou o procurador Ricart César, autor da recomendação..

Em tabela anexada no documento do MPC encaminhado ao TCE, o procurador destacou 11 aplicações existentes no Fundo, das quais sete delas são de previdência com renda fixa (juntas, totalizam R$ 225,2 milhões), uma de aplicações imobiliárias (R$ 17,5 milhões), uma de ações (R$ 15 milhões) e outras duas que estão na Caixa Econômica (juntas, totalizam quase R$ 10 milhões). No geral, as instituições bancárias estão em posse de R$ 273,1 milhões e, para o MPC, devem ser impedidas de repassar os valores ao Poder Executivo.

(AgoraRN)

Dívida ativa do Rio Grande do Norte é de R$ 7,5 bilhões, diz relatório da PGE. Caso fosse quitada integralmente, as cifras da dívida ativa poderiam pagar 17 folhas salariais do Poder Executivo, que atualmente custam R$ 430 milhões/mês aos cofres públicos

MONTANTE
 
 Fachada da Procuradoria Geral do Estado

Um relatório elaborado pela Procuradoria-Geral do Estado, por meio de sua Procuradoria Fiscal, aponta que o saldo da Dívida Ativa do Rio Grande do Norte, atualmente, é de R$ 7.511.404.420,93. Para se ter uma ideia da dimensão das verbas que o Estado tem a receber de seus devedores, ela seria capaz de pagar, caso fosse quitada integralmente, 17 folhas salariais do Poder Executivo, que atualmente custa R$ 430 milhões aos cofres públicos.

No levantamento realizado pela PGE, somente os 50 maiores devedores do Estado somam R$ 2,1 bilhões de rombo. Quem lidera a lista é a American Distribuidora de Combustíveis Ltda, com saldo devedor de R$ 200 milhões. Ela não está mais em atividade, muito embora caiba lembrar que fez parte da Operação Ouro Negro, cujos desdobramentos resultaram na prisão do ex-governador do Estado Fernando Freire por fraudes.

Além da American, outras grandes empresas aparecem na lista de devedores do Estado, como as de telefonia Telemar e Claro, o atacadista Makro, e a também já extinta empresa de linhas aéreas TransBrasil, que encerrou suas atividades em dezembro de 2001, vindo a decretar falência oficialmente em janeiro de 2002.

Apesar dos altos valores identificados na dívida ativa do RN, a quitação por completa dela é considerada improvável. Atualmente, o Governo só consegue recuperar parte dos valores através de programas de refinanciamento e de métodos que deixam os devedores negativados. No ano passado, foram R$ 20 milhões arrecadados. Sem Refis, essa arrecadação cai para cerca de apenas R$ 10 milhões ao ano.

De acordo com Renan Maia, procurador-chefe em exercício da Procuradoria Fiscal, os devedores costumam pagar as dívidas de duas maneiras, além do refinanciamento: em caso de pessoas físicas, existe quitação quando o nome do devedor é incluso no Sistema de Proteção ao Crédito (SPC); já no caso das pessoas jurídicas, quando é realizada uma medida de “protesto”, que dificulta a vida das empresas junto a seus fornecedores. As informações desta matéria foram publicadas inicialmente pelo Blog do BG e confirmadas pelo Portal Agora RN.

Defesa diz: ”Algemar Cabral por pés e mãos é “Espetáculo e Crueldade”

DEFESA ACHA MUITO CRUEL
 

 Resultado de imagem para CABRAL ALGEMADO PES E MAOS

O advogado de defesa do ex- governador do Rio Sergio Cabral, Rodrigo Roca,  afirmou nesta sexta-feira (19) que a defesa do ex-governador está “indignada e estarrecida com tamanho espetáculo e crueldade”. Acorrentado e algemado, o ex-governador foi levado ao Instituto Médico-Legal de Curitiba nesta sexta-feira para ser submetido a exames antes de ser transferido para o Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na região metropolitana da capital paranaense.

“Sérgio Cabral está proibido de falar, com pés e mãos algemados. Esqueceram apenas de colocar o capuz e a corda. A defesa está indignada e estarrecida com tamanho espetáculo e crueldade”, afirmou Roca, em nota.

Apesar da opinião da defesa muitos populares apoiaram o estilo que o ex-governador foi algemado, o que você achou deixe seu comentário baixo!

Filho de Cabral revela drama familiar após pai ser preso

 DRAMA FAMILIAR
 

Resultado de imagem para cabral acorrentado

 Imagem relacionada

Marco Antônio Cabral, filho do primeiro casamento do ex-governador Sergio Cabral, hoje preso em Bangu, voltou a ocupar o cargo de deputado federal em Brasília após pedir exoneração da secretaria estadual de Esportes. “Confio muito no meu trabalho e não devo nada a ninguém”, declarou.

Em entrevista para a revista Veja, Marco Antônio declarou que sua admiração pelo pai não diminuiu após a prisão. “Ele sempre foi um pai maravilhoso e presente. No momento oportuno, terá a chance de falar com a sociedade. Eu não posso falar ainda. Mas acho que continua sendo o governador que mais realizou pelo estado, unindo todas as esferas: municipal, estadual e federal. Também foi o governador que mais entregou obras e serviços”, disse.


Aos 25 anos, Marco Antônio Cabral se mostrou forte. “Se esse foi o destino que Deus quis, vamos lá. A minha mãe consultou um guru, e ele disse que tenho a alma velha. Acho que ele tem razão. Não me abato facilmente e encaro os problemas com firmeza”, revela.

O parlamentar contou que os filhos de Adriana ainda não sofreram bullying na escola, mas sentem falta da mãe, também presa. Ao ser perguntado se os menores tinham conhecimento do que aconteceu aos seus pais, Marco Antônio disse que “com a internet, é impossível não saber”.

“Eles viram até onde nosso pai está dormindo. Contratei um psicólogo para ajudar, mas eles não fazem muitas perguntas. Só querem saber quando a mãe vai voltar. Digo que será já, já. Vou responder o quê?”, declara.

Sobre seu futuro político, Marco Antônio Cabral dispara: “Confio muito no meu trabalho e não devo nada a ninguém. Em 2018, vou me candidatar a deputado federal de novo”.

(Jornal do País)

Ex-atriz da Globo matou 6 bebês e fez ritual de magia negra por fama. VEJA AQUI

FAMOSOS
 

Algumas histórias que acontecem na humanidade podem ser realmente surpreendentes [VIDEO]. Entender como alguém consegue fazer maldade pode não ser fácil, especialmente para aqueles que tem uma vida comum e pautada na caridade. Nos anos 1980, no entanto, uma atriz da TV Globo cometeu muitos erros. Simone Carvalho fez novelas memoráveis, como ‘Tieta’, marcando a dramaturgia do maior canal de televisão do país. Ela dividiu cena com um dos atores mais queridos daquele período. [VIDEO]No entanto, para conseguir o que tanto queria, a atriz cometeu erros muito sérios. A seguir, o leitor ficará impressionado com detalhes que ela deu em uma entrevista para o ‘Superpop’, da RedeTV!

Conheça a história da ex-atriz Simone Carvalho, que fez pacto com o diabo por fama

Simone Carvalho era uma mulher que tinha sonhos, mas a sua ganância pela fama acabou produzindo muitos problemas em sua vida. Carvalho esteve anos nas novelas da Rede Globo. Ela fez parte da primeira versão de ‘Cabocla’, por exemplo, mas queria muito mais e para isso topava de tudo, até mesmo fazer um pacto com o demônio a fim de atrair o sucesso. Os rituais de magia negra eram cabalísticos e funcionaram por um tempo. Ao longo de anos, por exemplo, a famosa conseguiu emplacar um sucesso após o outro na dramaturgia brasileira.

Atriz cometeu abortos sucessivos para continuar em novelas da Rede Globo

A história de Simone ainda conta com outros momentos importantes, como quando ela matou bebês apenas para não deixar as novelas.

O momento realmente foi surreal. A atriz sabia que engravidar poderia retirar o seu sucesso. Ainda assim, não usava métodos de prevenção e tinha relações com muitos homens. Ao todo, foram seis bebês mortos por conta da sua ambição perigosa. Hoje Simone é uma espécie de pastora evangélica e não esquece o que fez.

Simone Carvalho diz que descartou seis almas por sucesso na Globo

Para ela, os seis abortos também teriam sido feito em prol da fama e isso, em determinado dia, virá em seu julgamento. “Eu vou pagar um preço muito alto por isso. Eu descartei seis almas e vou pagar por isso”, admitiu. Simone ainda garante que jamais voltaria a atuar na Rede Globo.

A seguir, o leitor pode ver como é a atriz na atualidade. Apesar de não ter a beleza de outrora, a hoje arrependida mulher ainda lembra os tempos em que fez de tudo pelos holofotes.
 Ver imagem no Twitter

Fonte: http://www.jornalbrasil.org

 

ACREDITE: Collor anuncia que é pré-candidato à Presidência da República pelo PTC.Anúncio foi feito durante entrevista à rádio de Arapiraca, nesta sexta-feira

EU NÃO ACREDITO!!!
 

 

senador Fernando Collor de Mello anunciou, em entrevista a uma rádio de Arapiraca nesta sexta-feira (19), sua pré-candidatura à Presidência da República pelo PTC, sigla da qual ele faz parte. Segundo Collor, o assunto será tratado na convenção do partido, antigo PRN, pelo qual se lançou candidato em 1989.

Durante a conversa com o radialista Isve Cavalcante, o ex-presidente ressaltou que coloca o nome à disposição do PTC, já que, na avaliação dele, há um vácuo entre os possíveis concorrentes ao Palácio do Planalto, com extrema-esquerda de um lado, representada por Lula, e extrema-direita do outro, com Jair Bolsonaro.

Fernando Collor também destacou que o anúncio na cidade de Arapiraca tem um significado especial devido à estima pela cidade, para a qual ele já destinou vários recursos federais. “Fiz questão de fazer este anúncio aqui em Arapiraca, por se tratar de uma cidade muito querida e que quero bem”, afirmou.

Ele apontou, ainda, que deve seguir com o programa de governo já conhecido pela população. “Tenho uma vantagem em relação a alguns candidatos porque já presidi o País. Meu partido todos conhecem. Todos sabem o modo como eu penso e ajo para atingir os objetivos que a população deseja para a melhoria de sua qualidade de vida”.

Na entrevista, o senador lembrou também os momentos difíceis pelos quais passa o Brasil. Ele lembrou a importância da realização de reformas, principalmente a política, que deve diminuir o número de partidos no País. A grande quantidade, na opinião de Collor, dificulta a governabilidade.

 “Alguns avanços vêm sendo atingidos, mas muitas outras reformas precisam ser executadas, sobretudo a política, para que possamos ter um conjunto de partidos que representem as faces ideológicas de uma sociedade. Não podemos conviver com 38 partidos, dos quais 27 têm representação no Congresso Nacional. Isso traz uma possibilidade de ingovernabilidade muito grande”, expôs.


(Jornal do País)